terça-feira

Mulher gosta de sexo!


“Eu posso ter errado em muitas coisas, mas estou certo de que não errei ao enfatizar a importância do instinto sexual. Por ser tão forte, ele se choca sempre com as convenções e salvaguardas da civilização. A humanidade, em uma espécie de auto-defesa, procura negar sua importância. Se você arranhar um russo, diz o provérbio, aparece o tártaro sob a pele. Analise qualquer emoção humana, não importa o quão distante esteja da esfera da sexualidade, e você certamente encontrará esse impulso primordial, ao qual a própria vida deve a perpetuação.”
Isso foi dito por Sigmund Freud em uma entrevista por volta de 1930.
Estamos no século XXI!!! Precisamos acabar com essa lenda de que mulher não gosta de sexo. Elas gostam e gostam muito!
A questão é que pra mulher, o sexo ta muito ligado a outros fatores que as excitam de modo mais sutil e indireto do que a nossa natureza objetiva e visual de homem. Há também um preconceito social que inibe a liberdade sexual da mulher, apesar de isso ter diminuído muito nos últimos tempos.
Elas se excitam com nossa inteligência, nossa firmeza numa causa sensata, nossa elegância em admitir um defeito, nossa sensibilidade entremeada em nossa masculinidade e em outros detalhes não tão óbvios. Sempre há exceções, mas são poucas.
A natureza do corpo da mulher parece feita para o prazer, mas para isso é necessário o uso de hipérboles sensoriais para provocá-la. Elas amam o suspense do “quase toque”, gastam muito menos energia num orgasmo e normalmente estão prontas para outros consecutivos... Se mantém excitada por muito mais tempo. Claro que isso varia muito dependendo do clima da relação e de mulher pra mulher, mas geralmente é assim.
Também não acho muita verdade em todas essas teorias que dizem que mulher demora muito pra se excitar ou pra chegar ao orgasmo. Há uma diferença de tempo sim, mas também é muito comum uma mulher ter um orgasmo muito antes de ser penetrada e o tempo necessário com a penetração pode variar muito. Aquela coisa de quanto mais demorar melhor não é verdade, a não ser que ela seja ninfomaníaca. Normalmente existe um tempo “x” que varia bastante, mas que não pode ser ultrapassado. A observação determinará o valor de x... A vantagem é que elas podem continuar a relação mesmo depois de ter um orgasmo, enquanto nós precisamos de um intervalo. Sem falar que muitas vezes, para nós, é uma só e nem adianta para descansar... sejamos francos! Outra, podemos falhar e ai nem uma acontece... rsrsrs. Até existem uns caras que conseguem ejacular e continuar penetrando, mas isso é raro e normalmente trata-se de um homem pouco experiente. A não ser que ele seja ninfomaníaco.
Mas as mulheres são dinâmicas e podemos aproveitar isso a nosso favor. Todo nosso corpo pode ser utilizado para dar prazer a ela e com sensibilidade podemos também sentir prazer junto com ela...
O mais importante é observá-la. O olhar dela diz muito sobre seu interesse, seu tom de voz, o movimento de suas mãos (se estão suadas ou não), o modo como ela entreabre o sorriso e como coloca a língua entre os dentes, o modo como ela se entrega ao beijo, o movimento do quadril, a umidade, a temperatura, etc, etc, etc... Todos os detalhes são importantes e cada mulher age de uma maneira diferente. Outro mito que precisa acabar é essa ilusão masculina de que a mulher geme quando goza... rsrsr. É por isso que muitos homens são enrolados pelas mulheres com quem transam.
É comum uma mulher gemer no orgasmo, mas nem sempre isso acontece. Tem mulher que grita, tem mulher que não emite nenhum som porque a respiração esta presa, tem mulher que se abtua a não fazer barulho por que mora numa casa sem absorção acústica e não querer que os outros ouçam, tem mulher que geme sem sentir nada e tem mulher que delira de uma forma tão discreta que nem parece estar gozando, também nem todo orgasmo é igual... Por tudo isso as vezes acontece o “falso negativo”, que é quando nós achamos que ela não gozou quando ela na verdade gozou. Em algumas mulheres a lubrificação do orgasmo demora a descer, nos dando a impressão que ela não gozou. Em alguns casos essa lubrificação é tão pouca que nem aparece. Isso também varia de acordo com as condições hormonais. Mas isso também pode ser tirado a limpo com observação e diálogo.
Sempre digo: Mulher não sabe fingir orgasmo! Elas tentam fingir o gemido, mas primeiro que bastam algumas transas pra gente discernir o gemido falso do verdadeiro. Mesmo assim ela não pode fingir a lubrificação, as pernas trêmulas, o suor, a respiração, as bochechas ruborizadas, o brilho nos olhos, a suavidade dos gestos após e outros detalhes que não passam despercebido a um homem atento. E esse é um momento lindo de se observar.Outra coisa que precisa ser lembrada é que a mulher tende a estar mais disposta para a relação durante a noite, e nós normalmente gostamos durante o dia, sobretudo de manhã. Mas são apenas tendências que sugerem revezamento...
Existe ainda a questão do clima e outras variáveis que fazem com que a mesma mulher reaja de maneira diferente em cada orgasmo, afinal dentro de uma mulher existem muitas outras... Ela pode desejar um sexo selvagem numa noite e um amor romântico na outra. Por isso creio que não é necessário trocar de mulher para viver novas emoções. A observação nos mostra o que queremos ver...
Tudo se baseia na observação e se completa com a cumplicidade de um bom diálogo. E não é preciso observar várias, apenas uma pode nos diplomar com todo o conhecimento necessário...
Afinal, o verdadeiro conquistador não é aquele que conquista muitas mulheres. E sim, aquele que conquista várias vezes a mesma mulher...

8 comentários:

Anônimo disse...

Tem toda razão, aquele homem que consegue conquistar várias vezes a mesma mulher é o verdadeiro conquistador, e acrescento, é o homem de verdade... =)

ADMIRADOR disse...

obrigado!
vc é?

Srto. Silper. disse...

realista.
-
vou começar a levar esse texto no meu dia-a-dia. vlw.
faz fico me perguntado se tu olhas a bochecha ruborizada quando estás lá, hehehe. brincando. Qualquer homem gosta de ver a reação da mulher quanto a isso.
Vlw, agora serei um homem observador.

owerdose disse...

muito bom esse texto ! Verdade verdadeira.

marcio vitorio disse...

COMO OPERA A ATRAÇÃO SEXUAL FEMININA

A mulher também possui um centro sexual e sente atração sexual, embora sua tônica seja muito mais emocional e menos sexualizada e genitalizada do que a do homem. O impulso sexual feminino é desencadeado muito mais a partir da atuação do centro emocional do que da ação direta sobre o centro sexual. É por isso que, se um HOMEM tocar o órgão sexual de uma mulher sem estar autorizado, será rechaçado violentamente, ao contrário de uma mulher que toque o órgão sexual de um homem sem estar autorizada. Aquilo que para ele é uma agradável surpresa, para ela é uma grave ofensa. A atração de uma mulher por um homem é muito mais motivada por necessidades e impulsos do seu centro emocional do que pelo gosto de sexo em si. Em outras palavras, os machos gostam mais do sexo em si e por si do que as mulheres, as quais buscam o sexo por outras razões. as necessidades emocionais que as motivam a buscar o sexo são: segurança material, sentir-se protegida, elevação da auto-estima e vitória sobre as rivais. (Nessahan Alita, Reflexões masculinas)


Esse é o fato sobre as mulheres e não esse papo pra boi dormir de que mulher gosta definitivamente de sexo tanto quanto o homem e que acreditar nisso é acreditar em uma lenda! Agora, 1: postar isso é de fato uma verdadeira democracia de respeito ao contraditório intelectual; 2: contrargumentar isso de modo racional e sóbrio é de fato ser honesto cientificamente e estar em compromisso cerrado com a razão dos fatos! Boa tarde

ADMIRADOR disse...

Ola.

Em primeiro lugar digo que fico surpreso de um texto meu ter sido escrito a tanto tempo e ainda estar sendo fisgado pelos motores de busca e lido até mesmo por quem faz questão de não entendê-lo. Um dia reescreverei incluindo muito mais bons aprendizados que o amor continua me trazendo.

Bem, sem grandes comentarios sobre sua citação com tal autor, que nada tem a ver com o proposito de meu blog onde não ha espaço para passionalidade, e seja talvez o tal boi que dormiu e por isso viveu todas as desilusões que cita em sua obra. Embora até nas obras dele, se você observar vai encontrar contradições e com isso algumas frases de que se pode ter bom proveito...

Não muito posso dizer a você que não reconhece aquilo que a natureza nos traz com sua evolução, já que se confunde entre dados cientificos e deduções de desiludidos que nunca se propuseram a realmete conhecer a mulher com quem esta ao seu lado, ou que um dia gostaria que estivesse, agindo passionalmente...

Obrigado pela atenção ao texto.

Democracia haverá sempre aqui, ainda que cada dia menos tempo tenho tido para dedicar-me ao acompanhamento.

Até logo.

marcio vitorio disse...

Pois é, caro colega, eu entendi perfeitamente teu texto, e para acabar com a admiração descabida e sem qualquer fundamento que valha a pena do malogrado romantismo é que apontei esta perspectiva! E sobre as contradições, faz parte do universo filosófico a investigação científica e metalógica para uma compreensão o mais satisfatória possível dos fatos examinados, pois de contradição por contradição, são muitas as contradições apresentadas por quem segue a tua linha de interesse, e nem por isso você deixa de aderir a pelo menos uma parte ou o todo - dependendo de tua honestidade... do entendimento em questão. Não! Esse autor completar investigações feitas por mim mesmo já há muito tempo, de modo que o que de fato destoa da verdadeira logicidade hermenêutica eu descarto, mas aqui definitivamente não é o caso! O sugerido por você de modo implícito é na verdade uma falácia da generalização atribuída ao meu comentário, mas de antemão afirmo que, como agentes morais, TODOS somos perfeitamente capazes de efetuar escolhas, e é claro que do universo feminino existem aquelas que se comportam como mulheres e não como menininhas mimadas e assumem os seus homens integralmente, e se apaixonam por eles tanto quanto eles o são por elas, se quiser posso apontar números oficiais de pesquisas acadêmicas para a correta referendação, não baseando-me apenas em minha doxologia como se eu detivesse em minhas mãos a verdade, mas linkando fatos com estudos dirigidos com o cotidiano das pessoas. A possibilidade da desilusão para ti é uma coisa que não passa por tua cabeça o contrário, ou seja, e se não houve nenhuma desilusão? Por que, para bem de tuas assertivas, você TEM que estar certo em afirmar isso; do contrário, teu castelo ideológico se desmorona, não acha? Em vez de uma AD HOMINEM, por que não examina os argumentos e prove que são falhos?? Abraços

ADMIRADOR disse...

Ola.

Este blog foi para mim uma ponte para uma serie de novas realizações, hoje já vivi muitas outras realidades, e como disse já não tenho tido mais o mesmo tempo para aumentá-lo, mas tudo o que perguntas esta aqui, já que afirma que entende.

Se tivese entendido, não suponharia romance nem tão pouco teria usado os termos que usou. Se tivesse entendido, teria englobado o ambiente a que o texto se destinou dentre outras e outras coisas... mas entendo que é exigir muito de quem não se dipoe a amar.

Se houvesse mais que pseudofilosofia em suas palavras decoradas, haveria menos imprevisões sobre insucesso, que aponta teu desejo interno e um tanto antigo. Cita dialética depois de tê-la assasinado em comentário inicial... eu poderia supor duentia tuas tentativas mas como não sou medico e nem tenho tempo para disssertar prefiro acreditar mais em reação a perdas anteriores.

Contradições são humanas e todos a temos, mas quem parte de principios estreitos e os impõe, deve ser claro com si mesmo e os envolvidos e posso desafiar você a encontrar aqui textos que se contradigam dessa forma e que mereçam explicações. Outra coisa é deduzir contradiçoes entre o comportamento de um homem em constante aprendizado com outras teorias, dados e estatisticas que por si só, como obra humanda, carregam suas próprias contradiçoes...

Numeros oficiais de pesquisas academicas depois de dizer que as esperiências foram suas equiparadamente? Sem comentarios...

Seguidores de minha linha de interesse? Não! Só falo por mim.

Falas do universo feminino algo que se equipara em todo universo, inclusive o seu.

Estarás sempre vivendo desilusões enquanto as alimentar com tuas próprias ilusões (isso esta aqui mesmo em outro texto que você pode achar), o erro esta em você, se não tem ilusão, jamais haverá desilusão, deu pra entender? Sobre meus aprendizados, esta tudo ai ou pelo menos os anteriores a minha vida atual, “quase” cronologicamente... se quiser ler. Mas sua idéia esta formada, você já a expos e autonomamente. Então alimente-se da sua materialidade e amizades de si mesmo manipuladas atravez de uma estrutura que não lhe pertence fingindo comportamentos que se equiparam claramente tornando-o óbvio, repetitivo, previsível e até mesmo deplorável.

O pouco tempo que me sobra dedico-me a sugestões e criticas de quem consegue falar de si mesmo com sinceridade. Quando agires assim, se quiser e quando eu puder, continuaremos.

Até...

Postagens populares